noticias192 Seja bem vindo ao nosso site Francisco Brito!

Política

MPPE recomenda à Compesa medidas subsidiárias de abastecimento em bairros afetados por interrupções no fornecimento de água em Araripina

Publicada em 10/01/2024 às 20:28h

Por Francisco Brito


Compartilhe
Compartilhar a noticia MPPE recomenda à Compesa medidas subsidiárias de abastecimento em bairros afetados por interrupções no fornecimento de água em Araripina   Compartilhar a noticia MPPE recomenda à Compesa medidas subsidiárias de abastecimento em bairros afetados por interrupções no fornecimento de água em Araripina   Compartilhar a noticia MPPE recomenda à Compesa medidas subsidiárias de abastecimento em bairros afetados por interrupções no fornecimento de água em Araripina

Link da Notícia:
Clécio do Gás
Technobytes

MPPE recomenda à Compesa medidas subsidiárias de abastecimento em bairros afetados por interrupções no fornecimento de água em Araripina

 

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou à Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) que promova o abastecimento suplementar de água à população do município de Araripina, através de carros-pipa, sempre que houver interrupção no fornecimento pela rede de distribuição.

Além do abastecimento suplementar, a 1ª Promotoria de Justiça de Araripina recomendou que a Compesa suspenda imediatamente a cobrança em relação aos dias em que não houver o devido fornecimento de água nos bairros afetados pelo desabastecimento, bem como providencie a devolução e/ou compensação dos valores eventualmente pagos na fatura seguinte. Por fim, o MPPE recomendou à Compesa apresentar as tratativas relacionadas às medidas de emergência já adotadas para elucidar o problema. 

A recomendação se baseou no procedimento administrativo nº 02040.000.159/2023, instaurado a partir de denúncias encaminhadas à Promotoria de Justiça de Araripina, a respeito da constante interrupção do fornecimento de água em diversos bairros da cidade e zona rural do município.

Além disso, o MPPE já havia contatado a Compesa, por meio da Gerência Regional da Companhia, em uma reunião ocorrida em 24 de novembro de 2023, mas a concessionária não conduziu à solução do problema de abastecimento no município.

O Promotor de Justiça Marcelo Ribeiro Homem estabeleceu um prazo de 20 dias para que a Companhia se manifeste acerca do acatamento da recomendação, e, em caso afirmativo, apresente informações sobre todas as providências adotadas a fim de cumprir a recomendação do MPPE.  

A recomendação foi publicada no Diário Oficial do MPPE do dia 8 de janeiro de 2024.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Visitas: 545154
Usuários Online: 5
Copyright (c) 2024 - Francisco Brito - DRT 7339/PE. Blog do Francisco Brito. A Fonte de Informação Abrangente do Sertão de Pernambuco e o Nordeste. Em Salgueiro no Sertão de Pernambuco, tem o Blog Francisco Brito, um portal de Notícia Polícias, Políticos, política, Economia, Esporte.